A Casa Nova - Girls Room Inspiration

February 5, 2018

A casa para onde vamos é dos anos 50, e desde o início, quando soube que nos íamos mudar realizei que apesar do meu estilo ser muito clean, que queria acima de tudo respeitar a estética da casa. 


Uma casa dos anos 50 em que muitas das características originais estão preservadas merece um pouco mais de ''história'' na sua decoração, um certo calor e profundidade na decoração que acompanha a traça arquitectónica.  

O primeiro quarto que tenho pensado é o das miúdas, agora que vão passar a ser duas e com idades tão distintas, faz sentido que a decoração seja algo intemporal e feminino, mas sem que seja especifico para uma certa idade.  

Neste quarto sabia duas coisas: é grande amplo, tem boa luz, e precisa de ter tudo aquilo que um bebé precisa: Trocador, berço, cadeira de apoio para dar de mamar; E tudo aquilo que uma criança de 8/9 anos precisa: Secretária, cama, o seu espaço de estar. 

É fazível. Especialmente porque nesta casa vamos ter quarto de brincar, o que facilita em muito a organização dos quartos.  

Em termos estéticos, apaixonei-me por uma imagem no instagram, que soube desde o inicio que ia ser o meu mote de inspiração.  

Vintage, com cores pastéis escuras, desenhos meio barrocos, com animais e folhagem e com um mood muito intemporal e romântico, tal como queria.  

Para já, fiz uma breve pesquisa e montei aquilo que gosto de chamar moodboar, com peças chave que farão o equilíbrio entre o papel forte e as peças mais simples, e que iram criar uma estética adaptável para um bebe e para uma criança! 

Tendo em conta que muitas das peças do actual quarto da Leonor serão sem dúvida reutilizadas, há uma ou duas peças essenciais para equilibrar o espaço e fazer a ponte entre um estilo e outro, e até agora, parece que me vou safar nos saldos :)

 

 

 

 

A imagem de inspiração, é da marca lindor.nl e não exactamente barato, mas por outro lado é um padrão lindo e com vários tons que me dá a liberdade de ir jogando com as cores que quero. É um investimento que para mim faz sentido, porque sei que é um papel que vai durar, em termos de material e estilo, durante alguns anos.  


Para as cama vou usar as básicas do ikea, aliás já as tenho, e vou usar roupa de cama em tons pasteis e brancos para jogar com o contraste, tudo de forma suave.  

O tapete, encontrei em mega saldo, e é um básico óptimo, tom meio bege meio rato, com quadrados toscos de linhas orgânicas, que me introduz uma parte mais geométrica ao quarto sem quebrar as linhas vintage e românticas do espaço, a a cor atenua o papel sem lhe tirar a presença chave. 

Para facilitar a estética, vou usar poucos móveis no quarto. Mas talvez ter um puff grande no chão para, por um lado criar dinâmica e por outro criar espaços confortáveis de sentar.

 

 

 

 

Para a zona do bebé, quero ainda introduzir um dossel e o mobile, ambos que irei fazer em mod DIY e que irei partilhar, já que o que eu procuro ou não existe ou tem preços fora do normal... to bad!

 

Para já esta é a estética geral do quarto das miúdas, o que acham?

 

Em breve partilho o quarto do Lourenço!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Paris, o que vem, o que vai e o que fica.

January 27, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes